Vida na Kanthal

Convidamos nossos colegas para explicar o que trabalhar na Kanthal significa para eles. E para dar a você uma ideia do que a Kanthal pode significar para sua futura carreira.

"Confiar em si mesmo é absolutamente a coisa mais importante."

Durante sua primeira década na Kanthal em Xangai, Eva Huang se beneficiou da cultura focada em soluções e foi promovida a gerente de operações. Para quem está em início de carreira, ela tem conselhos valiosos: "Confie em seus colegas, confie em seu chefe e confie em si mesmo."

Eva originalmente decidiu estudar engenharia mecânica e automação na Universidade de Xangai porque seus professores na escola elogiavam sua compreensão de matemática e física. "Eu era jovem e não sabia o que queria fazer", diz ela, acrescentando com um sorriso. "Eles disseram que eu não era tão boa em química."

Depois de se formar em engenharia mecânica, ela fez mestrado em gerenciamento de sistemas industriais na França, antes de retornar à sua cidade natal, Xangai. Ela foi contatada pela Kanthal em 2013. "A vida é cheia de chances. Você só precisa aproveitá-las", diz Eva.

No Centro de Serviços de Xangai, que produz elementos Tubothal e elementos metálicos para clientes de aço e tratamento térmico principalmente na China, ela começou seu trabalho com QEHS e aquisição. Por ter feito dois estágios na França, Eva estava familiarizada com a cultura aberta de muitas empresas europeias. "Na Kanthal, gosto que todos em todos os níveis colaborem para resolver problemas, em vez de gastar energia concentrando-se nas hierarquias do local de trabalho", diz ela.

Durante seus primeiros seis anos no Centro de Serviços, ela trabalhou em estreita colaboração com o pequeno número de operadores e a equipe de vendas no local, o que foi extremamente útil. "Em contraste com as grandes fábricas, onde a produção é organizada em unidades menores e especializadas, devido ao tamanho do centro de serviços, eu conhecia todas as áreas de processo e entendia o quadro geral rapidamente", diz ela.

Eva foi promovida a gerente de operações em 2020. "Essa função inclui elementos de engenharia e gerenciamento de sistemas industriais, que eu havia estudado na universidade, mas achava que não tinha experiência", diz ela. "Mas a transição correu bem porque as pessoas aqui se apoiam e aprendem umas com as outras."

Durante a pandemia, o acesso a treinamento prático e desenvolvimento profissional presencial foi limitado. Quando as restrições diminuíram, Eva fez um curso presencial para melhorar o planejamento de capacidade.

Para os funcionários mais jovens, ela os aconselha a manter a calma. "A Kanthal irá apoiá-lo", diz ela e, em seguida, acrescenta um conselho que é importante para todos no início de carreira. "Gostaria de reiterar o valor de confiar em si mesmo, que é absolutamente a coisa mais importante."

Mais histórias

Sobre a vida na Kanthal

”Learning Fridays” – a way to spur curiosity
Learning has to come from a place of curiosity
Obtendo energia da natureza e no trabalho
Ajuste das temperaturas do forno
Valores militares aumentam a clareza
Mentoria sem mansplaining
Uma conexão emocional
A cultura sueca "fika" foi um divisor de águas